Pare de Errar ao Calcular o Preço de Venda dos Produtos

post 40 calcular preço mercadoria 1200x480 - Pare de Errar ao Calcular o Preço de Venda dos Produtos
 

tempo médio de leitura: 5 minutos 33 segundos

 

Como deve ser calculado o preço de venda de um produto? Essa é uma pergunta importante para todo varejista...

 

No momento de definir a tabela de preço de um produto, um conjunto ou promoção, existem detalhes que precisam ser levados em consideração.

 

É um engano ENORME pensar que o preço de um produto deve ser feito baseado somente no valor estipulado pelo mercado ou o valor cobrado pela concorrência.

 

Por que é importante fazer o cálculo de preço de venda corretamente?

 

Saber fazer este cálculo é um dos processos vitais no planejamento da empresa.

 

Definir os preços corretos dos produtos que são comercializados é tão importante quanto as ações de marketing e metas de vendas, que têm impacto direto nos resultados do faturamento.

 

Uma falha aqui pode causar queda nas vendas e até chegar ao ponto de levar a empresa a ter prejuízos. Não são raros os casos em que produtos são comercializados com um preço abaixo do custo real.

 

Como calcular o preço de venda?

 

Para chegar ao preço final precisamos conhecer os elementos que o compõem. Clareza neste momento é uma questão “chave”. Evite de todas as formas cometer erros no cálculo dos custos, margem de lucro e o valor percebido pelo cliente.

 

Desligue o telefone, entre em uma sala, feche a porta e foque no que é importante neste momento.

 

Custos

 

Os custos envolvem todas as etapas relacionadas ao processo de compra do produto. Desde o contato com o fornecedor até o momento em que este chegue à vitrine ou seja comprado e entregue ao cliente.

 

Podemos destacar aqui, como um exemplo, os custos de transporte, impostos, tarifas e custos de pessoal.

 

Os custos podem ser divididos em diretos e indiretos

 

  • Custos diretos: são os insumos aplicados durante a fabricação ou a compra do produto, somando estes aos impostos incidentes sobre eles.

 

  • Custos indiretos: estão inclusas as despesas administrativas e os recursos para manutenção, armazenamento, vendas, publicidade e demais custos operacionais.

 

Margem de Lucro

 

Depois do cálculo do custo, a margem de lucro deve ser definida. Esta é a porcentagem de ganho desejado sobre a venda de um produto.

 

Uma forma de definir a margem de lucro é considerar o fluxo de venda do determinado produto, através do histórico de saída e a demanda de cada produto em um período específico.

 

Valor percebido pelo cliente

 

Por último destacamos um elemento com altíssimo grau de importância no cálculo do preço de venda. Estamos falando do valor percebido pelo cliente. Confesso que essa é uma das variáveis mais complexas de serem definidas.

 

Por isso, iremos destacar alguns elementos que podem ajudá-lo na análise do valor que a empresa consegue transmitir ao cliente. Existem algumas formas de fazer isso:

 

  • Produtos exclusivos e foco na experiência do consumidor:  Quando uma empresa comercializa produtos que não são encontrados na concorrência, o valor percebido é aumentado. 

 

  • Personalização: Produtos com algum tipo de personalização aumentam significativamente a margem final. Uma boa estratégia é trabalhar em cima de diferenciações que possam atrair a atenção dos clientes.

 

  • Comodidade: Existem ainda os produtos que têm o valor aumenta pelo momento. Vamos imaginar a seguinte situação:

 

O consumidor entra na loja e no caixa percebe que existem pilhas a venda, então, lembra de que precisa de pilhas para o controle remoto da sua TV.

 

Essas pilhas não tem um valor comum. O cliente imagina o desconforto que terá, por ter que se levantar da cama ou sofá para trocar de canal ou desligar a TV no meio da noite. 

 

Quanto valem essas pilhas para ele? Quando sua empresa cria valor, o cliente deixa o preço em segundo plano.

 

Calculando o preço de venda na prática

 

Agora é a hora de colocar em prática o que viemos descrevendo até agora. Para fazer o cálculo do preço, uma vez que você conhece a teoria, consegue ver que se trata de uma lógica bem simples.

 

Deve-se somar os custos diretos e indiretos e aplicar a margem de lucro desejada.

 
 

Importante lembrar que dentro da margem de lucro esta o valor percebido pelo cliente e o valor que a mercadoria tem para o consumidor.

 

Conclusão

 

Fazer o cálculo de preço de venda dos produtos de forma correta pode ser um grande diferencial para sua empresa.

 

Em um mercado competitivo, processos bem ajustados são o segredo para trazer melhores resultados no fim do mês, diferenciando-se no meio das diversas empresas no mercado.

 

Considerando as informações que discutimos aqui: custos envolvidos, margem bem definida, saber do valor do produto percebido pelo cliente e analisando a concorrência você conseguirá calcular o preço de venda de seus produtos com segurança, garantido maior lucratividade e vendas.

 

 

Gostou do artigo? O que acha de compartilhar com seus Contatos?

 

Se ficou com alguma dúvida ou pensa que algo poderia ser acrescentado, escreva um email para nós: contato@estoqueexato.com.br.

Agendar Visita

Ler mais Artigos 

×

Olá!

Clique em um dos nossos representantes abaixo para conversar no WhatsApp ou envie-nos um e-mail para comercial@estoqueexato.com.br

× Olá, como posso ajudá-lo?